quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Ouvindo sussurros


Pouca gente sabia, mas ele sempre levou a virada de ano muito a sério. Era época de repensar os caminhos, ponderar resultados, eliminar vícios e dar início a uma nova jornada, novas escolhas. E todo ano, no fim de dezembro, chegava o momento de pegar a escada velha, subir até o topo do armário e encontrar as caixinhas de porcelana, aquelas com as bordas ornamentadas com um dourado vívido e o número de cada ano timidamente impresso sobre as tampas. Ele pegou a caixinha de 2012 e se pôs a pensar no que encontraria dessa vez.
Entrou em seu quarto acinzentado e sentou-se na cama, com a caixinha entre as pernas. Ao abri-la, se surpreendeu com a espessa camada de monotonia permeando todo o conteúdo guardado ao longo dos 12 meses que se passaram. De fato, fora um ano mecânico, cansativo, agravado pelo desgaste dos relacionamentos. Um ponto de interrogação o seguira como uma sombra durante todo o tempo, e por diversas vezes a dúvida angustiou seu coração. Deixara muita coisa para trás e sentia falta delas, mesmo sabendo a importância de abandonar aquilo que o prendia. Estava ficando triste ao lembrar de tudo isso, mas sussurros vindos do fundo da caixa o incentivaram a continuar fuçando.
Atravessando toda a monotonia com as mãos, conseguiu sentir entre os dedos as pequenas alegrias daquele ano. Um sorriso se abriu em seu rosto ao assistir o saltitar das emoções vividas, das vezes que ousou mais, se respeitou mais, se conheceu mais e esperou menos. Sim, a expectativa sempre fora grande inimiga e o impedia de aproveitar completamente as pequenas vitórias, mas naquele ano foi diferente, ainda bem. Com o auxílio dos sussurros que tão bem o conheciam, ele foi capaz de dar a si o melhor que poderia com aquilo que tinha em mãos. Conheceu novos amigos, reconheceu os velhos, confiou mais em si mesmo e deu um chega pra lá na auto-rejeição. Estava satisfeito consigo mesmo, poderia dizer, e isso era uma grande conquista! Sorrisos dançavam por todas aquelas lembranças e se tornavam mais audíveis conforme ele mexia no que encontrava.
Forçando um pouco mais os dedos, tocou fragmentos daquilo que um dia foi, mas hoje já não é. Os pedaços de seu coração, de um vermelho sangue ligeiramente translúcido, jaziam docemente no fundo da caixinha, de onde não saíram durante um ano inteiro. Ele não sabia dizer se funcionaria de novo, se poderia amar novamente. Sussurros disseram que sim, que o coração poderia voltar a amar quando bem quisesse. Mas era difícil acreditar pois, talvez os sussurros não soubessem, havia alguns pedaços importantes faltando. Cego, colocara cuidadosamente os pedaços mais importantes nas mãos de alguém que partiu e os levou consigo. Agora a vida já não tinha o mesmo ar de sonho, e a impressão de olhar através de um óculos cor de rosa se desfez para nunca mais. Com um olhar incrédulo, fitava seu coração incompleto e, provavelmente, incapaz de funcionar de novo.
As lágrimas bloqueadas durante todo o tempo – ele não se lembrava de ter chorado naquele ano – ardiam em seus olhos e cairiam sobre suas bochechas, não fossem os sussurros que cada vez mais altos se transformaram em sorrisos, risadas, gargalhadas. Saíram da caixa acompanhados de uma luz azul-pálida e encheram o quarto, cobriram as paredes, tomaram conta de tudo. Embora não fossem seus sorrisos, ainda assim eram familiares. Lembrou-se das gargalhadas alheias que o salvaram todas as vezes que duvidou de si mesmo, ou do futuro. Percebeu a importância das pessoas que estavam ao seu lado, da força que cada sorriso exercia sobre ele. Concluiu que enquanto tivesse a felicidade daqueles a quem dedicava seu amor, tudo estaria bem.
            Deitado, pensava no que encontraria na sua caixinha de 2013 - seria um ano cheio de desafios, e ele estava um tanto amedrontado. Mas sabia que na sua caixinha só entraria aquilo que ele deixasse, e se esforçaria pra espantar a tristeza e a duvida. Estava decidido a enche-la até as bordas de sorrisos e palavras doces... Agora que aprendera a ouvir atentamente os sussurros de sua alma (vozes que por muito tempo ignorou, mesmo sabendo que eram as únicas vozes a quem deveria realmente dar ouvidos) ele se sentia capaz de mudar seu próprio mundo e jamais calaria seu espírito outra vez! 
          Enquanto fazia planos pro futuro envolto em sorrisos que ricocheteavam pelas paredes do quarto, ele adormeceu, agradecido pelo ano que se passou. 2012 foi instável, complicado e confuso, mas o garantiu alguns sonhos realizados, momentos únicos, inesquecíveis palavras - ditas e ouvidas. Foi o ano em que amou tanto os seus, que passou a amar a si mesmo.

*********************

FELIZ NATAL ATRASADO GENTE DESCULPA A DEMORA!
Nesse clima de fim de ano, fraternidade na comunidade (é noiz brow), uva passa na comida, tio bêbado fazendo discurso, quero agradecer ao apoio de vocês que estiveram comigo mesmo com meu sumiço, dando força e pedindo mais posts/desenhos (isso me deixo muito feliz). Eu tive que desenhar muito pouco em 2012 pra dar conta do ultimo ano de faculdade (embora ano que vem eu tenha pendências a resolver). Mas não vou ser hipócrita: ainda assim me diverti muito! Consegui me sentir completo em diversos aspectos... Realizei o sonho de conhecer um observatório astronômico, assisti filmes que queria há muito tempo e li outros tantos livros, ouvi muita música e achei CDs raríssimos na internet, saí com os amigos, superei o passado (ninguém precisa saber que o passado me superou primeiro), dei o fora em alguém (pode ser normal pra vocês, mas eu to me achando), enfim, mais 12 meses memoráveis se passaram pra encher minha caixinha de lições, aventuras e lembranças doces como açúcar!
Mas agora chegou a hora de voltar a desenhar!!!! Nesse desenho eu apresento a vocês Mai (a maior) e Keiko (a novinha – MÃOS PARA O ALTO NOVINHops). Elas são personagens de “Valentine’s Taihen”, a história de uma amiga minha que eu vou desenhar. É bem simples e curtinha (vai dar pouco mais de 15 páginas) e é com ela que vou re-acordar minhas mãos. Estou tão enferrujado que mesmo sendo um desenho simples, terminar esse cartãozinho foi bem difícil. É resultado de 8 horas de trabalho, divididos em 2 dias (foi umas 4 horas só tentando acertar a anatomia, olha o que ficar tanto tempo sem desenhar faz com a gente, não repitam isso em casa crianças), e ainda assim anatomia ta toda torta e arte final bem falha - mas tenho em minha defesa que estou há 6 meses sem desenhar (sem contar os 12kgs de comida da vó Cristina que ainda tão pesando por aqui)! Espero pegar logo o jeito de desenhar de novo - no que depender de mim vou praticar muito! Por enquanto meu desenho de fim de ano favorito continua sendo o do ano passado!
Agora, com licença, vou me preparar pra mais um fim de ano! Meus sentimentos estão bem misturados, mas a esperança de dias melhores continua aqui, então ta tudo bem!
[Já que o mundo não acabou e a gente vai ter que viver mais um ano] Que ano que vem todos possamos sorrir mais, nos divertir pra caramba e desenhar de montão! Torço muito pra felicidade de todos vocês, leitores, e espero que estejamos juntos por muitos anos ainda! Obrigado, de coração!

QUE A CRIATIVIDADE ESTEJA COM VOCÊS!

p.s. acho que o post ficou meio grande (mas só acho)...

p.p.s. estou numa lan house e as cores do desenho estão diferentes... será que é o monitor daqui ou o de casa que ta mais escuro? O cabelo da Mai parece que tá sem contorno... ò.ó

p.p.p.s. vou começar o ano com o cabelo horrível, achei legal compartilhar

p.p.p.p.s. esse é o post de nº 50! :D


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Gente linda sendo linda: lançamentos, promoções, dicas e concursos!

Bom dia gente esperta desse mundão bom de acabar!
Estou na minha segunda semana de férias e ainda me sentindo A DEFINIÇÃO DE BAGAÇO, mas planejo postar algo aqui assim que possível (foram muitos meses sem desenhar, ainda não to conseguindo fazer nada direito). Também tenho lido livros (em 2 semanas já foram 4!), assistido filmes, séries e animes! Estou transbordando amor à todas as nações (menos à corinthiana porque não me deixa dormir e isso eu não perdôo).

Mas para que vocês não fiquem sem o que fazer na minha ausência, vim dar dicas de leitura, promoções e concursos que VALE MUITO A PENA PARTICIPAR POR MOTIVOS DE: tem gente linda envolvida!
Vamos lá!

1. Novo lançamento do Selo Infinitum!!! “Caçadores de Poder”!

A Antologia de Light Novels Mundos Fantásticos contará 7 histórias onde jovens conhecem novos mundos em que seus limites serão testados, recheados de romance, aventura e muita magia!


O primeiro volume é do Rafael Pombo, autor de Elementais e um escritor fantástico (vão por mim)!
Caçadores de Poder conta a história de cinco jovens: Hugo, Maria, Tomoyuki, Jesse e Liliya. Eles serão levados para o mundo de Kiriahonde receberão de uma deusa a missão de acabar com perigosas criaturas em troca de um poder capaz de realizar qualquer desejo.
Gostaria de pedir o apoio de vocês a essa iniciativa de lançar light novels no mercado brasileiro. Muito esforço e empenho foi colocado nesse trabalho, então por favor, TODO MUNDO COMPRANDO!
Mais detalhes no blog do Joe!



2. Vamos ajudar uma iniciativa pioneira! Tools Challenge impresso!
Já ouviram falar em financiamento colaborativo? Pois bem, é uma maneira de apoiar projetos (geralmente artísticos como a produção de filmes, exposições de arte, etc) em troca de brindes, presentes, etc. Dessa vez, o intuito á ajudar o Tools Chalenge, manga shounen do Max (vencedor do concurso da Ação Magazine e ótimo desenhista/roteirista/ser humano) que tem alta repercussão na internet e está pronto para ganhar o mundo impresso!
Mais detalhes aqui!




3. Promoção natalina cheia de amor Sigma Pi!
A linda, diva, soberana, fantástica, talentosa e fofíssima Yumi Moony está de volta com uma promoção de Natal melhor que a das Lojas Americanas!
Basta você mandar pra ela um fanart do seu personagem favorito do manga Sigma Pi (que ela escreve e desenha) pra automaticamente ganhar um brinde EXCLUSIVO (NÃO É SORTEIO!! CHUPA LOJAS AMERICANAS!!) feito por ela mesma!

Eu sei que você não ta se agüentando de vontade de participar, então clica aqui e veja como participar!



4. Concurso Natalino do Estúdio Tatsu!
Deu a louca no Takamura e ele ta sorteando um kit fabuloso de mangas, hqs e revistas pra quem formar uma frase sobre o natal e... SIM É SÓ ISSO!!! Como não participar??
O prazo está acabando, mas você é inteligente e eu sei que vai levar essa no papo! Então se apresse, clique aqui e participe!




5. Aproveitando que falamos do blog do Joe lá em cima... tem promoção!
Isso mesmo, o Joe participou da antologia Angelus – Histórias Fantásticas de Anjos com o conto “A Margem Oposta”, e está sorteando um exemplar do livro autografado por ele! Vocês vão mesmo perder essa?
Mais detalhes, aqui!

6. É promoção literária que não acaba mais!


Meu amigo Luiz também foi selecionado para um antologia e está sorteando um exemplar autografado! A bola da vez é a antologia “Crônicas da Fantasia” onde ele participa com o conto “O vendedor de balinhas”. Gente, vocês sabem que sorteio quer dizer a intrinseca possibilidade de ganhar um presente ~~DE GRÁTIS~~ né? Então bora participar!

Saiba como aqui!



7. "Minha Bela Consciênca": Renan sambando inovação na cara das recalcada
Renan sempre foi um visionário, e agora ele surgiu com a propota de mini-HQs, lançando histórias mais curtas e com poucas páginas (um capitulo pode ser lançado em 3 partes, por exemplo), facilitando pro desenhista que tem 1000 trabalhos pra entregar e não pode desenhar 50 páginas de uma vez, e facilitando pro leitor não tem todo tempo do mundo para ler uma historia muito longa.
Essa é a parte 1 do primeiro capítulo de "Minha Bela Consciência". Ele sempre teve muito talento pra essas comédias románticas que tem um fundo shounen que flerta com o shoujo!
Recomendo que leiam sem medo, e conheçam os outros mangás dele!



8. Futago Estúdio mostrando quem manda!
To um pouco atrasado, mas as meninas do Futago lançaram os volumes 2 e 3 de seus mangas Vitral e O Príncipe do Best Seller! Pra comprar basta entrar na lojinha delas e fazer a festa! (Lembrando que a lojinha Futago também vende materiais de desenho importados do Japão pra você dona de casa que quer fazer aquela arte final marota com uma pena profissional!)
O site delas é esse aqui.


É isso gente, vocês tem concursos e sorteios pra participar, quadrinhos e livros pra comprar, iniciativas bacanas pra apoiar. O primeiro que eu ver reclamar que está entediado nas férias vai levar uma bela bifa E EU NÃO ESTOU BRINCANDO! Mas sério agora, aqui tem um monte de coisa legal que muita gente talentosa esteve preparando por um tempo, então tenho o maior orgulho em ceder um espacinho no meu blog pra todo mundo (não é lá muita coisa, mas tipo, né)
Aguardem novidades minhas, espero voltar logo, logo!
o/



terça-feira, 2 de outubro de 2012

Esfoliação grátis: Eu critico, tu criticas


 Olá meus bolinhos de maracujá com cobertura de creme de baunilha e pedacinhos de sardinha enlatada com molho de tomate!!!!!

           Estamos falando diretamente da central do Sensualizando que fica escondida no lado negro da Lua especialmente hoje para dar início a estréia do novo quadro do nosso programa: Esfoliação Grátis! Aqui nós vamos discutir sobre assuntos interessantes, e quem sabe abrir os poros de vocês pra novas realidades!(?)
Queria agradecer também a galera cheirosa que comentou no post anterior, mas ainda assim NINGUÉM DEU SUGESTÃO PARA O QUE PODERÍAMOS USAR DE EXEMPLO NESSE POST, portanto eu escolho o tema: vamos falar das odiadas, porém necessárias, CRÍTICAS! (trovões ao fundo)

É preocupante escrever um texto de opinião que possa ser claro o suficiente pra evitar falhas na comunicação, mas obviamente chegar nesse assunto aqui vai ser bem fácil, já que grande maioria dos visitantes do blog desenha e sonha poder trabalhar com isso um dia, e como parte do processo natural, certamente já toparam com isso.
Pra realizar o sonho de ser um desenhista ou então melhorar suas habilidades em um hobby que lhe da prazer, você começa a praticar se baseando em histórias em quadrinhos que você gosta, e vai descobrindo um estilo confortável, vai encontrando uma maneira de colocar um pedaço de você naquilo. E quando o desenho ta acabado, é uma festa: o pai acha lindo, a mãe cola na geladeira, as tias falam que você tem talento e a vó fala pra parar de graça porque o que dá dinheiro é ser doutor.
Seus amiguinhos da escola falam que você já deveria estar nas mais importantes revistas do país e pedem caricaturas, suas professoras de artes falam o quanto você é excepcional e por aí vai... É muito fácil se sentir importante no Brasil, não porque você seja o novo prodígio da arte (desculpa ser sincero demais), mas porque você não tem competição. Apenas parem e pensem quantos coleguinhas da sala de vocês realmente levavam arte a sério? Toda sala de aula tem um ou dois que gostam de desenhar, enquanto os outros 38 alunos acham bonito, elogiam, e voltam a comentar o paredão do big brother. Você não percebe isso, até que a vida te força a sair do seu circulo de amizades e colocar a cara a tapa.
          Com a internet, esse processo se tornou ainda mais rápido. Assim que você começa a participar de redes sociais, você acaba entrando em contato com outros artistas e a expor seus trabalhos. Vai tudo muito bem, tudo muito bom, até que ela vem, sorrateira e inesperada, como uma jumenta pisando sobre os ovos da mamãe lagarto (oi, não sei se avisaram, mas você é a mamãe lagarto): surge uma crítica.
Pra mim, isso foi bem mais fácil. Nunca levei meus desenhos a sério até começar meu primeiro (e único) fanzine. Minha auto crítica é muito severa, e todas as criticas que recebi sequer chegaram aos pés daquelas que eu fiz a mim mesmo. Mas tenho muitos webfriends, e observando os diversos casos que tive conhecimento, as criticas costumam surtir os seguintes efeitos:
  • a “vítima” se sente pessoalmente ofendida: isso é bom, afinal, criticar a sua obra é criticar você. Só quando você se enxerga nos seus próprios rabiscos é que está mais próximo de crescer no seu próprio estilo. Mas lembre-se que desenhar pode ser um prazer, porém você não desenha para si mesmo. A arte deve tocar as pessoas, e as vezes o que te emociona pode não significar nada para o restante da humanidade. Triste, eu sei. Mas se você quer se um profissional, você vai ter que agradar pessoas que podem não gostar do que você goste, e pior, você vai ter que vender o seu produto. Isso se chama capitalismo.
  • A “vítima” não aceita a crítica: isso vai da personalidade de cada um. Ninguém é obrigado a aceitar/ouvir algo que não lhe agrade. Mas mantenham no pensamento aquilo que disse lá em cima: VOCÊ NÃO DESENHA APENAS PARA SI MESMO. Uma crítica pode te alertar para algo que você não perceba, mas que talvez seja o que falte para dar um “tchan” a mais a sua arte. Então antes de ignorar uma crítica, ouça. Como disse, ninguém é obrigado, mas dentro de uma crítica você pode encontrar conselhos valiosos.
  • A “vítima” reage negativamente à crítica: Gente, não façam isso. É feio, é imaturo, é ridículo. Existem 7 bilhões de pessoas no mundo, cada pessoa tem uma visão diferente na cabeça, e se ela não gostou da sua arte, você pode aceitar a crítica ou recusá-la com um simples “obrigado”. Xingar a mãe alheia denota incapacidade de lidar com a opinião dos outros (lembre-se que é com ela que você vai trabalhar) e denota infinita pobreza de espírito. Seu desenho/HQ é uma expressão pessoal sua – e como arte, deve causar reações nas pessoas (gostar, amar, se identificar, não gostar, odiar, colocar seu nome na boca do sapo, etc). Se você quer que sua expressão artística seja unânime sobre a opinião dos outros, talvez você não saiba com o que está lidando.
  • A “vítima” acha que todos são trolls: GENTE IGNOREM OS TROLLS PRENDAM SEGUREM AMARREM CAPTUREM erm, quer dizer, trolls não devem ser ouvidos! Eles querem te atacar talvez porque “no Brasil sucesso alheio seja uma ofensa” (não lembro quem disse isso), e pode não parecer, mas entristecer os outros dá orgasmos em muita gente. Por isso, ignore-os. Trolls são fáceis de se identificar e o seu desprezo os afastará rapidamente. Como meu amigo Joe disse uma vez, “eles se alimentam da atenção que você dá a eles.” Mas nem toda crítica é negativa ou quer te por pra baixo. O que parece ser difícil para muitos entenderem é que chamar atenção pra anatomia, furos de roteiro ou arte-final não quer dizer que querem te ofender, te humilhar em praça pública, afundar seu nome da espessa lama do fracasso. Existe (acredite!) muita gente legal e experiente querendo compartilhar com os outros anos de experiência, e talvez a maneira como você encara um crítica te fecha para a possibilidade de melhorar MUITO!
  • A vítima pira na maionese: Desiste de tudo, perde a confiança de mostrar seus desenhos em público, acha que é o pior desenhista da face da terra e que um bebê de três anos usando o pé desenha melhor que ele/ela. Isso acontece raramente, mas eu já vi isso. E vou ter que bater na mesma tecla once more: arte é o que você é, o que você tem a dizer, resultado de tudo aquilo que você absorve do ambiente em que você vive. A maravilha disso tudo é poder encontrar alguém que se identifique com aquilo que você tem de mais honesto dentro de você! Esconder sua arte rouba todo o sentido original, e querer que ela seja soberana perante tudo e todos destrói a magia da identificação espontânea com o leitor/observador. O legal de um desenho não é que todos amem ele, mas que através dele você saiba que existem pessoas que entendem a sua mensagem! ENTÃO DEIXA DE DRAMA, PENTEIA ESSE CABELO, ESCOVE OS DENTES, COLOCA TINA TURNER PRA TOCAR E VÁ DESENHAR!!

Críticas mexem com a gente. Com a auto-estima, com a (in)segurança, etc. Contudo, saber lidar com críticas não é essencial pra você apenas como autor, mas também como indivíduo de uma sociedade. Você pode desenhar o que quiser e como quiser, mas ao expor um pedaço seu em publico esteja preparado para o fato de que exibir algo em público e pedir pela opinião alheia. A função primordial da arte é balançar, confrontar e fazer pensar - e você não pode impedir as pessoas de expressarem isso.

Bom, como vocês podem ver o texto ficou enorme, eu me tornei repetitivo mas o assunto ainda dá pra render mais. Gostaria que vocês compartilhassem nos comentários experiências, opiniões, dúvidas, etc. Sou lindo demais pra ter tempo livre suficiente, mas PROMETO responder os comentários o mais rápido possível.

QUE A FORÇA ESTEJA COM VOCÊS!!!!
Beijucas X***

ps. participem pq eu não vou aceitar escrever um texto gigante e vocês não participarem, sério, eu arranco a sobrancelha de vocês no dente.

terça-feira, 4 de setembro de 2012

A volta dos que foram mas tão voltando, ta tudo bem agora

Boa noite, crianças!
Como todos sabem perceberam eu estou mais ausente que dinheiro em fim de mês, e dei uma parada no blog tendo em vista a dificuldade em desenhar neste ultimo ano de faculdade. Mas dando uma olhada pra matar a saudade (costumo reler meus posts e editar as besteiras que escrevo mesmo depois de todo mundo ja ter lido #soudesses) vi que vocês se expressam bastante nos comentários, então decidi criar uma sessão especial no blog, onde discutiremos assuntos que eu e/ou vocês julguem importantes! Desenhos, mangás, animes, roteiros, críticas, polêmicas, dicas, macetes, etc, eu vou falar sobre o que vocês quiserem e podemos até mesmo iniciar um debate/discussão por aqui, que tal?
Se estão interessados, escrevam suas sugestões nos comentários e vamos ver se a coisa funciona! Se tudo der certo, até o fim de semana teremos um post fresquinho :D
Voltei a desenhar aos poucos agora que os trabalhos da facul deram uma pausa (e meu chefe ta ficando bastante tempo fora), mas ainda to meio que "recuperando a mão", as proporções estão meio erradas e os traços tortos/sem firmeza... Como semrpe, to cheio de planos, mas dessa vez vou ser paciente e esperar pelas férias de fim de ano (contagem regressiva ja começou)! Desculpa o sumiço e não esqueçam de comentar!!
Saudades disso tudo!

EDIT 04/09/2012
Comentários do post anterior respondidos. Sinto muitissimo pela demora TT.TT

OUTRO EDIT 04/09/2012
GENTE EU RECEBI OUTRO FANART E TIPO, SÉRIO, PAREM DE DESENHAR MEUS PERSONAGENS MELHOR DO QUE EU
Esse fanart lindo, fofo e coloriudo À LAPIS é do Luis Gustavo, que eu conheci pela blogosfera e tem um talento maravilhoso. O traço dele é tudo o que eu sempre quis: firme e com personalidade (sério gente vamos jogar esse menino no mar? hihihhihihih BRINKS) e eu fico muito feliz, honrado E CHORÃO NÉ GENTE por receber fanarts, obrigado ao Luis e a todos os que ja mandaram, não me esquecerei nunquinha!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

JOO SE DESCUIDA E DEIXA RABISCOS A MOSTRA

FALA NEGADA!

Faz tanto tempo que não posto que nem vi que O BLOGGER MUDOU DE APARENCIA!! D:

Bom, eu vim aqui humildemente sem nenhum texto dramatico, só pra mostrar um pouquinho do que tenho feito nesses tempos de sumiço! Tenho treinado bastante em muitos aspectos e hoje vou mostrar algumas das minhas reinações (WHAUHUAHSUAHSUHAU a vó de vcs também fala "reinações"? haahaahahaahaahahaahah) 

~~~TREINANDO COM O TABLET!
Não, eu não refiz a Monalisa sentada no Coliseu mas eu gostei desse desenho... Eu finalmente to pegando o jeito com aquela caneta possuida, mas ainda nao consigo desenhar direito. Ah, e eu pintei no photoshop pq né, o paint tool sai é horrivel (mas eu preciso aprender a usa-lo urgentemente)
Quem visita o blog sabe que esse desenho foi uma parte do cartão de ano novo do blog, quem lembra?

~~~AS NOVAS PERSONAGENS DA MINHA NOVA HISTÓRIA!!

Estas são Marina e Roxanne! Ainda falta mais uma das protagonistas mas os rascunhos não estão tão bons... estes são desenhos dos meus cadernos da faculdade e as fotos foram tiradas na sala, por isso a péeeessima qualidade ><
O roteiro ja esta pronto, mas ja estou reajustando e mudando algumas (muitas) coisas que o tempo me mostrou ridículas!

~~~PINTANDO COM AQUARELAAAAA!!!
PARECE MENTIRA EU SEI, mas eu FINALMENTE consegui pintar com aquarela! Não ficou a lasanha quatro queijos dos desenhos mas eu fiquei tão feliz!!! O desenho em mãos fica com as cores muito mais vivas e brilhosas e eu fico olhando com tanto orgulho *____*
Mas não se preocupem, eu nao estou iludido... o que eu fiz foi apenas o básico, não sei fazer qualquer efeito com as tintas e existem possibilidades infinitas esperando para serem aprendidas, ou seja, MÃOS A OBRA JOO, SEU GATINHO!

~~~CARTÃO DE 1 ANO DE RAINY SEPTEMBER!!!!!!!!!!!!!!
Se você é lindo(a) e saliente sabe que eu fiz uma promoção ~~~GRÁTIS~~~ aqui no Sensualizando e quem me mandasse um e-mail receberia inteiramente ~~~GRÁTIS~~~ um brindezinho (~~~GRATIS~~~ vale ressaltar)
Esse é o cartão que eu mandei prazamigue do blog :D Foi a primeira vez que eu pintei com o tablet e fiquei bem animado com o resultado (mas o desenho da Mika que eu coloquei no começo do post ja ta bem melhor aos meus olhos)
Espero que vcs possam ter sentido toda a minha gratidão (sim eu fiz questão de estragar o cartão da maioria e escrever uma mensagem enorme atrás, deixando o brinde inutilizavel.)

É isso pobrada, eu to sumido mas to na ativa! To estudando bastante e to participando de alguns projetos secretos (q vcs logo saberão) e espero voltar com ainda mais coisas pra mostrar muito em breve. Eu também me inscrevi no Curso de Escrita Criativa da Quadrinize pra melhorar meus roteiros... AI TO TÃO EMPOLGADO!!! Aliás, eu ganhei EU GANHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI o concurso cultural da Quadrinize!!!!! Era pra criar uma história baseada em uma cantiga de roda e EU GANHEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI EU QUERO MANDAR UM BEIJO PRO MEU PAI PRA MINHA MÃE E PRA VC XUXA OBRIGADO BRAZIIIIL!!!!

Tirando a parte do surto eu to bem, viu? Com mtas saudades de vcs!

Não me andandonem (e desculpa por abandonar vocês, vou voltar a visitar seus blogs assim que eu tiver tempo de ler tudo e comentar! A proposito, esses dias eu vi o resultado do Concurso de Verão do blog do Takamura e a Yumi Moony ganhou! Parabens flor!!)

Beijucas e até breve ;*

ps. comecei a movimentar meu deviantart. minha ferquencia de posrtagem é ridícula, mas se alguém tiver, eu estou aqui http://jooooooooo.deviantart.com/

sábado, 31 de março de 2012

AVISE A MAMAE! AVISE O PAPAI! Curso de escrita criativa e roteiro de HQs!

Boa noite negada!!!
Bem, como está meio complicado para voltar ao blog por enquanto (só até o fim desse mês, desculpem :x), venho convidá-los para o novo curso da Quadrinize com a Tensai! Como eu sei que tem muita gente que visita o blog que também é interessadissima em escrever, aqui vai:

Convidamos você a conhecer técnicas profissionais para construção de histórias. Aprenda a conquistar o leitor com estratégias utilizadas por mestres das HQs e do cinema. Conheça também exercícios de criatividade e observação para aplicar na concepção de cenários e personagens. Aulas presenciais ou por conferência online*).

Não oferecemos fórmulas mágicas, mas técnicas amplamente utilizadas por profissionais. Existem muitas opções e caminhos, você escolhe o que melhor lhe define como artista. Durante o curso, os alunos desenvolverão um projeto que deverá ser concluído, desde a Ideia Governante ao script. Todos os projetos produzidos serão avaliados pelo instrutor.

Duração: 2h horas por semana, total de 10 meses.

Material: apostilas e 1 revista Quadrinize

Pré-requisitos:

  • Vontade de aprender
  • Gostar de escrever
  • Gostar de ler
  • Estar disposto a sacrificar algumas horas da TV e/ou Internet
  • Desejo de criar histórias como jamais se viu

Módulos:

  • Ideias e Ideais
  • Personagens
  • Ambientação
  • Enredo
  • Roteiro
  • Projeto final

Custo: R$ 60,00 mensais (promocional para a primeira turma)

Com acompanhamento durante a semana via MSN: 85,00 mensais

Onde: Escola de desenho Tensai. Av. Santa. Cruz, nº 2567 – 103, Padre Miguel (Próximo ao viatudo e ao Mc Donald’s) – Rio de Janeiro – RJ

Quando: As aulas iniciarão quando a primeira turma se formar.

Quem: Durante os últimos quatro anos, Daniel Cavalcante vem auxiliando novos autores e roteiristas, avaliando obras e aconselhando. Em maio de 2010 lançou a revista Quadrinize! e o site de mesmo nome, nos quais partilha conhecimento teórico sobre criação e escrita. Desde então, foi convidado para dar palestras e oficinas em eventos cariocas e paulistas, como “IV Semana de Quadrinhos da UFRJ” “Anime Wings”, “Anime Family”, entre outros. Tem histórias selecionadas nas antologias Extraneus Vol. 3 (Editora Estronho), Histórias Fantásticas Vol. 3, Eu Acredito e Crônicas da Fantasia (Editora Literata).

Curso online via conferência de áudio – R$: 60,00 mensais
Com acompanhamento durante a semana via MSN: 85,00 mensais
Entrar em contato através do email quadrinize@hotmail.com

Serviços extras:

Check up de roteiro: Tem um roteiro e precisa de uma avaliação técnica e criteriosa? Não sabe se as cenas compõem um design harmonioso? Seus valores de cena são trabalhados um a um? O conflito de seu protagonista funciona? Sua história tem apelo? Essas perguntas poderão ser respondidas, via e-mail ou presencialmente (no endereço do curso).

Custo: Como muitos ainda não adotam o formato padrão de script, dificultando a tabelação de preços por página de roteiro, o custo fica a combinar.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~*~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Como ultimas palavras: MEU DEUS QUE SAUDADE DE VOCÊEEEEES!!!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

HAPPY B’DAY RAINY SEPTEMBER + Brinde ~~GRÁTIS~~ para os leitores!!!

Bom, se você é como eu e ADORA coiseiras ~~GRÁTIS~~, eu falo sobre o brinde no fim do texto. CORRE QUE É DE GRAÇA E É LIMITADO!

YOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!
Pouca gente sabe (como se eu não tivesse esfregado na cara de todo mundo), mas dia 20 deste mês Rainy September completou 1 ano desde seu lançamento, deixando o papai aqui morrendo de orgulho e felicidade neste carnaval M A C A B R O (admito: dancei “Ai se eu te pego” com o braços pra cima mesmo, to nei ai)!
Decidi então fazer o Rainy September Day na minha vida e reli o mangá trocentas vezes, ouvi as musicas que me acompanharam durante o processo de criação da história, do character design, da edição, etc e me emocionei muito ao lembrar do quanto esse one-shot significou pra mim!
Eu sei que sinto emoção até vendo minha mãe escolhendo feijão e meu pai descascando abacaxi (só ele sabe na família INTEIRA), mas esse mangá foi resultado de muita SORTE e PERSISTÊNCIA. Sorte porque a história surgiu de repente enquanto eu estava no ônibus da faculdade, e por mais que eu ignorasse a idéia, ela foi se desenvolvendo sozinha enquanto eu TENTAVA ESTUDAR. Também tive sorte em ter a linda e super experiente da Kari e as divas do Futago Estúdio me acompanhando no processo, e mesmo de longe, sem saber o que estava acontecendo (fiz segredo de TUDO) conseguiram me ajudar a engolir o choro, a ansiedade e a insegurança e seguir em frente. Sim, eu estava entrando em parafuso. Tomei isso como algo mais do que pessoal, quase que uma obrigação. E vocês sabem que quando a gente trabalha, mesmo que não faça muita coisa, ficamos um lixo todo fim de dia. Então era chegar em casa e pensar “JESUS EU TENHO QUE TERMINAR ISSO MAS TÁ HORRIVEL E EU PRECISO MELHORAR AQUILO NOSSA QUE FRASE MAL ESCRITA PORQUE EU TO VIVO AI QUE DOR DE CABEÇA AI QUE CALOR SERA QUE A KARI TA ONLINE AI ERREI A ARTE FINAL AI NÃO VAI DAR TEMPO”, etc. Eu mesmo me pressionei e me cobrei demais, o que no final resultou em uma experiência não tão prazerosa. E não estou querendo confete “Nossa, como ele é comprometido e disciplinado” porque eu não estava disciplinado e sim esquecendo que aquilo tinha mais a ver com diversão do que com provar algo pra mim mesmo. Mas isso eu percebi bem depois. Foi uma alegria ter a ajuda do Renan, da Yumi, do Takamura, da Yu-chan, do Nosbelc, da Bianca, da Dayla, do Desinho, da Elba, da Takai, da Manu, do Max, da Mari, do Alex e muitos outros, e a vontade de mostrar algo pra eles foi o que me fez continuar com aquela loucura. Também não posso deixar de agradecer aos amigos que vieram depois (por causa de Rainy September. Amigos que vieram por , como o Fabiano, a Mari Cardoso e o Luis Gustavo <3

TA PROCURANDO O BRINDE ~~ GRÁTIS~~ ? TA AQUI, Ó
Em comemoração a toda essa labuta que durou os meus cerca de 50 dias de férias em 2011, decidi fazer um brinde surpresa para vocês que visitam o blog, e de uma maneira ou de outra participaram dessa história aí em cima (seu nome pode não estar aí e talvez você nem saiba, mas foi importante e merece um beijo). Eu preparei um brinde ~~ GRATIS ~~ (essa palavra tem uma sonoridade quase musical, será que é só pra mim?) e surpresa pra vocês. Para receber basta dizer em sua rede social favorita o quanto você me ama e sonha comigo todas as noites banhado pela luz da lua de prata e~~~~~brinks
Sério agora: pra receber o brinde ~~~GRATIS~~~ basta você comentar dizendo o que mais gostou e menos gostou em Rainy September e mandar seu endereço para o seguinte e-mail >>> sensualizemcomigo@hotmail.com Receberei comentários até o dia 7 de março, e conforme vocês forem comentando eu vou postando no correio, ta? Como eu não sei quantas pessoas vão querer (e se é que alguém vai querer PELO AMOR DA FAMILIA SAGRADA NÃO ME FAZ PASSAR VERGONHA) eu fiz um numero bem limitado no começo, então se houver uma procura maior talvez quem demorar pra comentar/mandar o endereço vai ter que esperar um pouquinho.
AVISOS: 1) Esse e-mail foi criado apenas pra esse fim, então não se preocupem que não vou colocar o endereço de vocês na boca do sapo e enterrar na terceira cova a direita da entrada do cemitério municipal.
2) Como é um brinde e é ~~~GRATIS~~~ não esperem uma tekpix que filma, fotografa, é webcam, mp567, fala 3 idiomas, frita ovo, lava a roupa no frio e organiza as suas pastas do meus documentos. É apenas um presentinho bem bobo (que todo mundo já deve imaginar), mas é de coração.
3) Se você não lembra de Rainy Septmber, pode ler no Brasil Ex ou no Desenhe e Publique (parte 1 e parte 2)
3) COMENTEM A-G-O-R-A.

*****************************************************

Bom, como vocês perceberam, Rainy September significou muito na minha vida, mas isso sela – por enquanto – os meus trabalhos com esses personagens. Vocês ainda verão muito deles por aqui, mas agora já vou começar a trabalhar no meu próximo one-shot (queria fazer uma série, mas me falta confiança). Me apaixonei por esses personagens, mas acho que esta na hora de eu dar uma mudada de ares. Os roteiros pra continuação das histórias tanto da Mika quanto da Hana estão salvos no meu pc (não completos, mas pelo menos com as idéias organizadas, rsrsr) e eu sei que quero voltar a trabalhar neles. Mas isso não será agora… Tenho muitos planos, e quero que vocês continuem me acompanhando, okay?
Mais detalhes nos próximos posts (por que esse já está muito extenso)!

OBRIGADO, RAINY SEPTEMBER!
.
.
.
.
.
.
NÃO COMENTOU AINDA PQ??
.
.
.




~~~GRÁTIS~~

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

The Greatest Love of All

Neste sábado, o perdemos aquela que está entre as maiores cantoras do mundo (não vejo problema nenhum em dizer que é a maior, mas isso é ligeiramente subjetivo). Esse blog não é de musica, mas gostaria de manifestar aqui o meu amor, admiração e carinho por essa voz que nunca se calará.
Whitney Huston é um dos meus “heróis da adolescência”, daqueles que todo mundo tem. Sim, sou relativamente novo pra ouvir musica dos anos ‘80 (sou de ‘91, beijos), mas foi nessas musicas que consegui me identificar, me encontrar e me divertir. Ao lado do ABBA, Gladys Knight, Roberta Flack, Toni Braxton, Anita Baker, Nikka Costa, The Carpenters, Debbie Gibson, Peabo Bryson e muuuuuuuitos outros, ela permeou em minhas fantasias, influenciou meus desenhos e esteve sempre presente no top10 do meu chuveiro - com um diferencial de que suas letras motivacionais e cheias de brilho me ajudaram a crescer como pessoa (“Aprender a amar a si mesmo é o maior amor de todos” – trecho de “The Greatest Love of All”). Teve uma vida agitada, cheia de altos e baixos, o que jamais tirará o brilho do seu talento único.
Não vou me prolongar sobre esse assunto pra não virar um chororô daqueles que eu sei fazer como ninguém, e vou deixar aqui um trecho da música “One Moment in Time”.

Cada dia que vivo
Eu quero que seja um dia para dar o melhor de mim.
Eu sou única mas não [estou] sozinha,
Meu melhor dia ainda não é conhecido.
Eu quebrei meu coração por cada ganho,
Para provar o doce eu enfrentei o sofrimento.
Eu levanto e caio, mesmo assim, em meio a tudo, isto persiste...

Eu quero
Um instante no tempo,
Quando eu for mais do que pensei que poderia ser,
Quando todos os meus sonhos estiverem a uma batida de coração de distância
E as respostas couberem todas a mim...
Conceda-me um instante no tempo,
Quando eu estiver correndo com o destino,
Então, naquele instante do tempo,
Eu sentirei, eu sentirei a eternidade...



RIP WHITNEY – WE’LL ALWAYS LOVE YOU

***

Este é um desenho bem rapidinho com a Mika, e sobre como ela é a cara do verão (Eu teria feito algo a mais – tinha cenário! - se não tivesse passado a madrugada de sábado para domingo ouvindo meu CD dos melhores sucessos da Whitney e chorando copiosamente nos ouvidos do Danny Boy – Obrigado e desculpa, rs)!
Mika é o típico personagem que gosto de criar: uma pessoa enérgica, feliz, barulhenta, que toma conta de um lugar com sua voz ou apenas com seu sorriso. Ela tem um carisma e charme próprios, dons naturais dos quais não tem total conhecimento. Mas sua alegria genuína vem algo que poderíamos até chamar de defeito: a ignorância. Ela é feliz e destemida simplesmente porque não conhece o medo, a insegurança e o fracasso. Nunca precisou se preocupar com algo e vive como se não tivesse qualquer problema a sua volta. É uma personagem que precisa amadurecer infinitamente para enfrentar os problemas que a esperam…
Finalmente fiz um desenho quase do tamanho da folha em que a anatomia está mais acertada. Vou até fazer outro Victor pra não ser injusto com ele. Alias, não foi intencional desenha-la ao lado do Sol, assim como a Hana ao lado da lua.
Na verdade, eu já vinha as comparando com sol e lua há um tempo atrás. Depois de concluída a one-shot, esse conceito foi se desenvolvendo melhor na minha cabeça. Mika seria o sol, enérgico e sempre presente, enquanto Hana seria a lua, misteriosa/enigmática, e que se contenta em apenas refletir a luz do astro-rei.
Bom, não posso escrever muito porque essa semana esta bem corrida… Lá vou eu responder os comentários do post anterior (Obrigado por comentarem mesmo que eu demore séculos pra responder! Obrigado!)
Tenham uma semana maravilinda o/



(DEUS QUE POST HORRIVEL)
(Se bem que ele está pequeno e direto, como eu sempre quis fazer)
(AH MAS EU NÃO GOSTEI E QUERO ESCREVER ALL DAY LONG ¬¬)

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Uma estranha em minhas sombras


"Não é fácil. Mais que isso, é impossível andar sob a luz do seu sorriso sem me sentir feliz, reconfortada, paralisada, anulada, inútil.
Mergulhada no conforto das sombras que me cercavam, não percebi a sua presença avançando e desbravando lugares onde qualquer outro jamais alcançou. A hostilidade inicial se transformou em dependência ao perceber que sua luz não dissipava, mas alimentava minhas trevas. Ambas passaram a co-existir em mim e em você. Alegre e confusa em meio a minha própria escuridão, esqueci que ela existia."


Hana foi minha primeira experiência com um personagem realmente vivo. Como vocês podem ver nesse primeiro rascunho, ela era extremamente estranha e chata de desenhar. Um desafio enfadonho pra mim, que adorava desenhar garotas vívidas e cheias de energia! Como eu ia conseguir não me entediar ao desenhá-la ao longo de 34 páginas soava como um desafio, e talvez (apenas) por isso eu tenha continuado.
Como que recompensando meu esforço, ela foi desabrochando. Se apresentou como nunca um personagem meu havia feito antes, surgindo com personalidade e atitude próprias. Durante o processo de criação da one-shot fui me apaixonando mais e mais por ela, e até hoje é uma das minhas crias favoritas. Desenhá-la, e ao mesmo tempo desvendá-la, é um dos meus maiores prazeres.
O "desafio Hana" consistia em criar uma personagem quieta sem ser chata, que fosse praticamente inexpressiva, mas que mostrasse que há algo por trás desse silêncio. No começo foi difícil, e me recordo que quando comecei a desenhar as primeiras páginas ainda não estávamos em total sintonia. Mas no final, ela própria foi olhando diferente pra mim, agindo por vontade própria culminando no sorriso na última cena em que seu rosto aparece (detalhe: eu nunca tinha desenhado ela sorrindo com a boca aberta antes, apenas com os lábios semi-cerrados).
O universo completo de Rainy September se tornou um lar ao qual eu recorro sempre que preciso recarregar as baterias. Relembrar como tudo começou, desde a minha própria pressão para concluir algo, desde o calor infernal de janeiro (ano passado as chuvas vieram depois), ao ritmo louco de edição no photoshop (nunca canso de dizer que foram 34 paginas em 7 dias, beijos), me faz sentir orgulhoso de mim mesmo e ansioso pelas minhas novas experiências com quadrinhos.

E é com alegria que venho dizer que este é o mês de aniversário de 1 ano de Rainy September!
Sim, parece que foi ontem que eu fiquei tão ansioso que postei o mangá sem capa pra download num blog com cerca de 150 visitas mensais esperando uma chuva de criticas. Tanta coisa mudou desde então...
Mas venho avisar que esse mês vou fazer mais posts sobre Rainy Septmber, e espero que vocês gostem ^^/

*******

O desenho acima foi um misto de empolgação e decepção. Eu gostei TANTO do rascunho, mas TANTO que eu não via a hora de passar a limpo! Mas depois de pronto ele ficou com um clima tão pesado, o vestido não ficou nada como eu queria, e nem preciso falar das pernas. Como tenho feito desenhos bem maiores que antes, parece que não consigo conectar as pernas com o tronco em desenhos um pouco mais elaborados, e fica com esse clima "anormal". ¬¬
Logo que rascunhei eu lembrei do Takamura, que é super fã da Hana (ia até mostrar o rascunho pra ele na sexta, mas deixei pra fazer surpresa), e torço pra que você ignore certos probleminhas hihihihih!
Bem vou ver se respondo agora os comentários do post anterior (o computador pifou de vez no trabalho, to vindo com frequência em lan-houses, juro que não é maldade, gente)
Bitoquíssimas!